Exploratório SESC SP


‘O projeto Exploratório inaugura um campo de apreciação para as poéticas musicais experimentais e propõe a abertura propositiva para audição das inúmeras qualidades de sons organizados. Um espaço dedicado à experiência sonora e ao diálogo da música com outras linguagens, tradições, práticas e procedimentos não estandardizados.

Deste modo o projeto dedica-se à música na fronteira da linguagem, dialogando com vanguardas e experimentalismos da Música Concreta, Música Contemporânea, Música Eletrônica, Eletroacústica, Improvisação Livre, Paisagens Sonoras, Luthieria Criativa, Poesia Sonora entre outras vertentes.’ _SESC SP

Este projeto foi idealizado através de conversas da produtora Norópolis com Romulo Alexis, então responsável pela programação musical na unidade SESC Pinheiros.

A Norópolis convidou a produtora Brava para, juntos, levantarem uma curadoria para o que deveria se estender em 2 apresentações mensais ao longo do ano de 2017.

Em sua 1ª edição o projeto recebeu o duo Thomas Rohrer e Philip Somervell (Suiça/Inglaterra/São Paulo) e Acavernus (São Paulo). Na 2ª, Bode Holofonico (SP) e Cadu Tenório (RJ), encerrando aí esta co-curadoria das 2 produtoras neste projeto, que teve continuidade com outras produtoras.