Miazzo

Trabalhando com música experimental/exploratória desde 2005, busca no noise e na estética lo-fi o fio condutor do seu trabalho, transitando por influências do metal e do punk , da timbragem do hardcore japonês, da cultura de fitas cassetes e do FVM.

Miazzo

foto arquivo pessoal

Trabalhando com música experimental/exploratória desde 2005, Thiago Miazzo lançou algumas dezenas de álbuns, sob um sem número de pseudônimos e selos, internacionais e nacionais, incluindo o seu próprio, o Clausura Records/Fome Nuclear.

Busca no noise e na estética lo-fi o fio condutor do seu trabalho, transitando por influências do metal e do punk , da timbragem do hardcore japonês, da cultura de fitas cassetes e do FVM.

(Re)lança agora em Abril o álbum ‘Cold’, do seu projeto Pallidum, pela Brava, com quem vem trabalhando desde 2015, tanto através da produtora, em realização de apresentações, quanto do selo, tendo lançado também “Rito” em 2016, de seu duo com Cadu Tenório, o Gruta.