Rômulo Alexis, Heitor Dantas e Uru Pereira “Todos os Santos estão surdos”
digital, 2020

Rômulo Alexis, Heitor Dantas e Uru Pereira "Todos os santos estão surdos" digital Brava Edição #15, 2020

Rômulo Alexis, Heitor Dantas e Uru Pereira “Todos os santos estão surdos
digital
Brava Edição #15, 2020
Lançado por Brava Edições, Menasnota e Rômulo Alexis, Heitor Dantas e Uru Pereira na Primavera de 2020

Rômulo Alexis – trompete e efeitos
Uru Pereira – fagote e efeitos
Heitor Dantas – guitarra preparada e efeitos

Gravado por Heitor Dantas no estúdio Menasnota, Salvador, em Fevereiro de 2020.
Mixado e masterizado por Igor Souza no estúdio Mitra, São Paulo, em Agosto de 2020.
Capa por Brava.


A 1a vez que Heitor Dantas e Rômulo Alexis se aproximaram foi em 2016 com o lançamento do álbum do Radio Diaspora (duo de Alexis) pelo Sê-lo! Netlabel, gravadora da qual Heitor fazia parte.

No mesmo ano tocaram juntos, ao lado de Wagner Ramos e George Christian, na Mostra de Música Experimental da Bahia, curada e organizada pelo Sê-lo! Netlabel (BA), sediada e produzida pelo estudiofitacrepeSP em São Paulo.

“Rômulo esteve de passagem em Salvador em fevereiro desse ano, e decidimos gravar um álbum baseado na improvisação livre, principalmente no free jazz e rock expeimental – diz Dantas – “Pensei imediatamente em convocar também Uru Pereira, que trabalha comigo na Laia Gaiatta e é um atuante improvisador junto ao grupo Beto Jr.”

O trio se reuniu numa manhã ensolarada no estúdio Menasnota, produtora e selo de Dantas, e gravou 4 takes totalmente improvisados que agora vêm a público na forma de álbum, lançado na Primavera de 2020 numa parceria entre os selos Menasnota e Brava.